Covela no Café Lisboa

Novidades Covela no Café LisboaQuando for grande quero comprar uma quinta para fazer vinho. Já sou grande? Ok, então quando me sair o Euromilhões. É pouco provável isso acontecer? Está bem, mas não desisto. Assim como não desistiram Tony Smith e Marcelo Lima, ex-jornalista britânico e empresário brasileiro, respectivamente. Tinham este sonho e meteram-no em marcha quando ambos viviam no Brasil. Com a vantagem de não precisarem da parte do Euromilhões.

E é aí que aparece a Quinta de Covela, um dos produtores de vinho mais interessantes (para mim) que por cá andava. Um produtor que não seguia modas e trilhava o seu próprio caminho. Ainda por cima sendo de uma região onde (dizem) o consumidor pede vinhos acabados de engarrafar, o Vinho Verde, mas já com algumas características da região vizinha, o Douro.

Monte Velho 2013: lançamento

Apresentação Monte Velho 2013 Eu sei que não sou o fã número 1 do Monte Velho, mas confesso que não é só por ser uma referência que não me habituei a acompanhar, embora seja uma presença constante nas prateleiras. Estilo, dimensão ou perfil, desconhecidos para mim. Fiquei muito curioso com o que iria encontrar na apresentação dos Monte Velho de 2013, a realizar no arejado, asseado e bonito Mercado da Ribeira.

Quinta do Gradil Viognier 2013

Quinta do Gradil Voignier 2013Nome: Quinta do Gradil Viognier
Tipo: Branco
Colheita: 2013
Região: Lisboa
Castas: Viognier
Graduação: 13%
Produtor: Quinta do Gradil
Preço: 5-10€

Continuando o percurso pelos Brancos, estamos desta vez em Lisboa, e com uma casta estrangeira, numa casa que - registo - tem um espumante que me enche as medidas para este verão. Infelizmente nao pude estar presente na apresentação oficial dos Brancos de 2013 desta casa, mas - justiça seja feita - fica o registo!

Tour Gastronómica SANA Hotels - River Lounge

Tour Gastronómica SANA Hotels - River LoungeNa sequência da visita ao Flor de Lis, a Tour Gastronómica SANA Hotels para mim continuou por Lisboa, desta vez no Myriad by SANA, o imponente hotel colado à Torre Vasco da Gama, no Parque das Nações.

Aos comandos da cozinha do River Lounge, o restaurante do hotel, está o Chef francês Frederic Breitenbucher, vindo da Fortaleza do Guincho. Mais uma aposta do grupo SANA em dar “ordem de soltura” a sub-chefes de cozinhas com créditos firmados.

Passando sem mais demoras para o que nos foi caindo na mesa, até porque só o nome dos pratos já fazia um post com 1 página, não posso também aqui deixar de falar no pão. Com especial destaque para o de passas e o de caril, que fez as delícias da mesa.

Tour Gastronómica SANA Hotels - Flor de Lis

Tour Gastronómica SANA Hotels - Flor de Lis

aqui tinha falado do Restaurante Flor de Lis, do EPIC SANA Lisboa Hotel , e da boa impressão com que tinha ficado dele. A convite da SANA Hotels, por ocasião das novas cartas Primavera/Verão, tive o prazer de começar a Tour Gastronómica por aqui.

Mais uma vez, começei por me deliciar com os pães e manteigas de várias variedades de que fazem parte o couvert. Sim, não me canso. Em especial do pão com azeitonas.

Em jeito de pré-amouse, uma espécie de bruschetta de tataki de atum com tomate, começou-nos a preparar para o que havia de vir.

Páginas